http://www.polkadot.it/2015/04/17/lomoinstant-sanremo-edition
Dicas, Fotografia

Lomografia: conheça esse estilo fascinante de fotografia analógica

A fotografia digital veio para facilitar a vida de quem trabalha nessa área. Mas, apesar da facilidade, há aqueles que preferem o charme vintage oferecido por fotos analógicas, devido às típicas cores e nitidez. Dentro da categoria da fotografia analógica, justamente por conta desses diferenciais, a lomografia se destaca.

Você conhece bem a lomografia? Neste post vamos conversar sobre essa tendência e contar um pouco de sua história. Vamos lá!

O surgimento da lomografia

A lomografia teve suas primeiras expressões na União Soviética, em plena Guerra Fria, e foi desenvolvida pelo próprio exército. Engraçado pensar que um produto de propaganda militar pode ser convertido numa forma de arte, não é? Mas foi exatamente o que aconteceu com a lomografia.

O objetivo era a produção de câmeras fotográficas portáteis, de tecnologia simples e barata, que conseguissem registrar fotos bonitas. A intenção era que todas as famílias tivessem uma dessas câmeras para registrar seu cotidiano e, com isso, produzissem material para a divulgação de uma imagem favorável da União Soviética.

Foi após o fim da URSS que a lomografia ganhou o mundo, divulgada por estudantes austríacos que se interessaram pelo equipamento e pelos resultados proporcionados. O estilo foi levado a outros países e o número de adeptos seguiu aumentando, como acontece até hoje.

lomografia-história

Foto: Lomography

A tecnologia da lomografia

As câmeras utilizadas na lomografia são aquelas de tecnologia semelhante à pioneira, a LOMO LC-A. Ou seja, são câmeras analógicas (registram as imagens em filme), cujos sensores possuem alta sensibilidade e possibilitam um alto tempo de exposição. Isso dá o diferencial da lomografia: cores bonitas e vibrantes e imagens claras e nítidas, mesmo com baixa luminosidade.

lomografia-cameras

Foto: Cape Town School of Photography

Há algumas câmeras que foram feitas justamente para cumprir com essa proposta. Confira alguns exemplos a seguir.

Os modelos de câmeras

LOMO LC-A

Essa é a original soviética, com design e tecnologia simples, peças de plástico e muita história por trás. De todas as configurações da câmera, apenas o tempo de exposição é automático, ficando a cargo do fotógrafo configurar os demais aspectos, como foco e abertura. Ela possui sensor de 35mm para filme, que é o tamanho tradicional de sensores de câmeras analógicas.

lomografia-lc-a

Foto: The Photo Brigade

La Sardina

Modelo curioso e com design retangular simples, que remete a uma lata de sardinha. Ela possui uma lente grande angular, que permite retratar um campo de vista mais amplo, além de ter conexão para flash externo e um sensor de 35mm. O fato de ter uma lente grande angular a torna ideal para a fotografia de paisagens.

lomografia-la-sardina

Foto: After Drk

Diana F+

Modelo que se popularizou com a repercussão mundial da lomografia, ele está disponível em vários modelos e kits de lentes e flash, a depender do gosto do fotógrafo. Possui sensor para filme de 120mm e de destaca por ter sensibilidade à luz configurável, conforme seja dia ou noite.

lomografia-diana-f+

Foto: Keyword Suggest

Fisheye No.2

Além das configurações comuns às câmeras da lomografia, esse modelo possui também uma lente grande angular, com efeito fisheye. Isso dá um estilo diferenciado à foto, distorcendo-a e deixando-a arredondada. Além disso, acompanha flash externo que funciona com pilha e um sensor tradicional para filmes de 35mm. A lente fisheye é excepcional para a fotografia de paisagens e ambientes espaçosos, fazendo caber na imagem um ângulo de campo de visão bem grande.

lomografia-fisheye-no.2

Foto: She Wears Fashion

Holga 135

Faz fotos com um nível de granulado que os adeptos da fotografia analógica adoram, afinal, é um dos grandes charmes do filme. Acompanha uma lente de 47mm, com o campo de visão um pouco mais estreito que as grandes angulares, sendo ideal para fotografar seu assunto mais de perto.

lomografia-holga-135

Foto: Pinterest

A lomografia como estilo

A lomografia, no entanto, não é só fazer fotos com câmeras analógicas simples que produzem cores vibrantes. É um estilo de fotografia que valoriza o registro do dia a dia, de objetos e lugares do cotidiano.

É um estilo que não se preocupa com as regras de composição e técnicas da fotografia tradicional, e visa justamente quebrá-las, para trazer resultados inovadores e atraentes. Por proporcionar ao fotógrafo uma infinidade de possibilidades de expressão, a lomografia segue como tendência, mesmo com a tecnologia já antiga das câmeras pioneiras.

Estilo-fotografia-lomografica

Foto: Retro To GoPublishit

E você, o que acha da lomografia? Já experimentou? Tem interesse? Então deixe um comentário abaixo e traga suas experiências!

Previous Post Next Post

Veja também...